Lançamento – Ubuntu 10.04 Lucid Lynx

Com um visual muito inovador e que, nas versões Beta e RC já mostravam o que estava por vir, hoje foi lançado a versão oficial do UBUNTU 10.04 Lucid Lynx.

Essa versão, tem muitas novidades como maior integração com a Computação em Nuvem, velocidade de boot, e além do visual que está deixando muitas janelas ai no chinelo. Podemos ver, como exemplo o próprio boot, onde já demonstra um desingn muito mais elaborado que os das versões anteriores:

E mais uma vez eu me orgulho de fazer uso desse sistema que, me ajudou muito no meu desenvolvimento profissional e que abriu as janelas do mundo linux em minha vida.

Se você se interessou por essas novidades, segue abaixo os links para download dessa distribuição que está causando muito preocupação nas outras empresas magnatas do mercado. Se você prefirir você pode solicitar o envio da mídia clicando nesse link e se cadastrando.

Ubuntu 10.04 Lucid Lynx

i386 Desktop Torrent
i386 Alternate Torrent
i386 Server Torrent
AMD64 Desktop Torrent
AMD64 Alternate Torrent AMMD64 Server Torrent

Lubuntu 10.04 Lucid Lynx Beta 3 (não conseguiu sair junto com os outros)
Lubuntu i386 Torrent

Kubuntu 10.04 Lucid Lynx (ainda não está no ar)
Kubuntu i386 DVD Desktop Torrent
Kubuntu amd64 DVD Desktop Torrent

Xubuntu 10.04 Lucid Lynx (ainda não está no ar)
Xubuntu i386 Desktop Torrent
Xubuntu i386 Alternate Torrent
Xubuntu amd64 Desktop Torrent
Xubuntu amd64 Alternate Torrent

Edubuntu 10.04 Lucid Lynx (ainda não está no ar)
Edubuntu i386 Torrent
Edubuntu amd64 Torrent

Mythbuntu 10.04 Lucid Lynx (ainda não está no ar)
Mythbuntu i386 Torrennt
Mythbuntu amd64 Torrent

Ubuntu Studio (ainda não está no ar)
Ubuntu Stutio i386 Alternate Torrent

Wallpapers, onde encontrar???

Quando configuramos um desktop, muitas vezes, deixando ele com efeitos legais, gadgets, e outras coisas, mas nunca nos preocupamos com um papel de parede legal e acabamos usando aquele disponibilizado pelo sistema operacional. Mas muitas vezes, é isso que está faltando para que o seu desktop cause olhares curiosos dos outros para saberem onde conseguiu aquele papel de parede… Esses dias eu estava nesse dilema, e então, dando uma pesquisada na internet encontrei um site conhecido como WallBase.

Wallbase

O website traz uma proposta muito comum, mas de uma forma diferencial, vasta e impressionante. Assim como em muitas outras páginas disponíveis na internet, está disponível para o usuário uma grande seleção de papéis de parede dos mais diferentes temas e tamanhos. Mas Wallbase vai muito além. Com um banco gigante, variado e incrível, aliado a um sistema de busca mais que completo, é praticamente impossível não encontrar um wallpaper ideal em Wallbase.

Grande em quantidade, qualidade e variedade

Na verdade, Wallbase possui uma seleção gigante, não só em termos de quantidade, mas também de qualidade. São mais de 400 mil itens, muitos deles em uma qualidade de resolução pouco encontrada por aí. Aproximadamente 100 mil das imagens estão disponíveis em alta resolução. É possível passar horas só admirando fotografias e ilustrações em geral, das quais muitas parecem mais obras de arte.

E não para por aí. Wallbase é atualizado a todo momento. Novos wallpapers são inseridos todos os dias e, portanto, a coleção nunca fica estagnada. O usuário poderá encontrar novidades interessantes para refrescar o visual do desktop sempre. A falta de repertório de qualidade nunca mais será um problema.

Você pode procurar da forma mais simples possível, através da barra de busca por palavras chave, posicionada em destaque. Basta digitar a keyword relacionada ao que procura e clicar na lupa azul.


Outra forma um tanto eficiente é o sistema de filtragem. Ao clicar no botão laranja ao lado da barra de busca ficam disponíveis diversas características que podem ser mediadas conforme suas necessidades. É possível escolher aquilo que deseja encontrar em sua busca:

  • Categoria: imagens em geral, só animes ou em alta resolução;
  • Ordenar por: data, relevância e popularidade, em ordem crescente ou decrescente;
  • Resolução exata de sua tela;
  • Aspecto, referente á proporção da imagem;
  • Categorias: livre, semi-erótico, erótico.

Uma terceira forma de busca é através de cores. Você poderá selecionar um tom de preferência em uma paleta completa, para encontra wallpapers que possuem majoritamente tal coloração.

Então o que está esperando, dê vida a essa tela morta do seu computador, baixe um novo wallpaper e encha os olhos toda vez que olhar pra ele.

Mídia Center??? XBMC neles!!!

XBMC é um software livre e de código aberto (GPL), sendo um premiado reprodutor de mídia e de entretenimento de mídias. O XBMC está disponível para Linux, OSX, Windows e originalmente para o Xbox. Criado em 2003 por um grupo de programadores, o XBMC é um projeto sem fins lucrativos desenvolvido e administrado por voluntários localizados em todo o mundo. Mais de 50 desenvolvedores de softwares têm contribuído para o XBMC, e mais de 100 tradutores têm trabalhado para expandir seu alcance, tornando-o disponível em mais de 30 idiomas.

A idéia da criação desse software, foi tornar o seu computador (ou então o seu console de games) em um HTPC (Home Theater PC). Onde, após configurar um controle remoto, você pode sentar no seu sofá e viajar por todas as mídias (musicas, vídeos, fotos e até na internet) que existem dentro do seu computador.

Atualmente o XBMC reproduz quase todos os tipos de arquivos de audio e vídeo, além da reprodução de CD e DVD, sendo eles no disco ou em uma imagem em seu HD. Além disso, se os arquivos estiverem compactados, o XBMC poderá reproduzi-los normalmente. E como estamos na era da Globalização, e em nossos lares já temos conexões de alta velocidade, você poderá instalar um plugin onde você acessará os últimos trailers dos filmes que estão sendo lançados pelo mundo, ou então assistir aos vídeos mais famosos do gigante YouTube. Com ele você criará bibliotecas com os seus diversos tipos de mídias para que sejam reproduzidas da maneira desejada e separadas de acordo com o seu gosto.

Segue abaixo alguns screenshots do XBMC:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para obter o XBMC basta acessar o endereço http://xbmc.org/download/, selecionar o sistema operacional desejado e sair se divertindo. Ou se quiser mastigadinho continue lendo:

Para instalar no Windows, faça o download do link abaixo e clique em Próximo até o Concluir:

http://sourceforge.net/projects/xbmc/files/XBMC%20for%20Windows/Camelot%20-%209.11/xbmc-9.11.exe/download

Para Instalar no Ubuntu 9.10 ou superior faça o seguinte, no terminal digite:

sudo add-apt-repository ppa:team-xbmc
sudo apt-get update
sudo apt-get install xbmc xbmc-standalone
sudo apt-get update

Agora é só pegar o seu controle remoto compatível com o seu computador e devidamente configurado, pegar a pipoca, sentar no sofá e passar horas e horas comandando o seu HTPC.

SMPlayer – Um player de Vídeo muito Potente

Se você vive procurando um player que se adapte as suas necessidades, o SMPlayer é um forte candidato a esse cargo, pois ele reúne recursos de diversos players em um só, na verdade o SMPlayer  é uma interface melhorada e simplificada do poderoso MPlayer.  Algumas características desse player são:

  • Legendas configuráveis. Pode-se escolher a fonte, o tamanho e até a cor das legendas.
  • Troca de faixas áudio. Você pode escolher a faixa áudio que quer ouvir. Funciona com avi, mkv e obviamente com DVDs.
  • Pesquisa através do mouse. Pode usar o scroll do mouse para avançar ou retroceder o vídeo.
  • Equalizador de vídeo, permite-lhe ajustar o brilho, contraste, cor, saturação e gama do vídeo.
  • Múltiplas velocidades de reprodução. Pode reproduzir a 2X, 4X… e até em câmara lenta.
  • Filtros. Diversos filtros disponíveis: desentrelaçar, pós-processamento, reduzir ruído … e até um filtro karaoke (remoção de voz).
  • Ajuste do atraso de áudio e legendas. Permite-lhe sincronizar áudio e legendas.
  • Opções avançadas, tais como seleccionar um demuxer ou codecs vídeo & áudio.
  • Lista. Permite-lhe pôr diversos ficheiros em fila para serem reproduzidos sequencialmente. Suporte a repetição automática e troca de posição.
  • Preferências. Pode-se facilmente configurar cada opção do SMPlayer usando um diálogo de preferências.
  • Possibilidade de pesquisar legendas automaticamente em opensubtitles.org.
  • Traduções: atualmente o SMPlayer está traduzido em mais de 20 idiomas, incluindo Espanhol, Alemão, Francês, Italiano, Russo, Chinês, Japonês…
  • É multi-plataforma. Binários disponíveis para Windows e Linux.
  • O SMPlayer é licenciado sob a licença GPL.

SMPlayer é compatível com:

.AVI .WMV .MPG .MPEG .MOV .MKV .OGM .3GP .ASF .MP3 .OGG

Para realizar a instalação do SMPlayer no Windows realize o download no link abaixo:

http://downloads.sourceforge.net/smplayer/smplayer-0.6.8-win32.exe

Para instalar no Linux:

Para distribuições Ubuntu ou Debian, digite o comando no Terminal:

$sudo apt-get install smplayer

Ou então instale através do código fonte realizando o download do arquivo abaixo e siga as instruções do arquivo Install.txt:

http://downloads.sourceforge.net/smplayer/smplayer-0.6.8.tar.bz2

Convertendo Vídeo e Audio para diversos formatos

Se você sempre precisa converter vídeos ou arquivos de audio, você não pode deixar de conhecer o Mobile Media Converter da MikSoft. Ele converte os principais formatos conhecidos, inclusive aqueles usado por celulares, onde você poderá pegar um vídeo do seu computador e converter para o formato que o seu celular usa, e o melhor de tudo, o programa é Free. O Mobile Media Converter trabalha com os seguintes tipos de arquivos:

Desktop Audio: mp3, wma, ogg, wav, ra (input only)
Mobile Audio: amr, mp4
Desktop Video: wmv, mpeg, avi, flv, mov, rv (input only)
Mobile Video: 3gp, mp4

Não perca tempo com aqueles softwares complicados que vem com o seu celular, baixe agora o MMC.

E se o sistema operacional mais usado fosse o Linux?

Eu compreendo o indivíduo que declarou ter problemas em passar do Windows para o Linux


Senti o mesmo ao experimentar o Windows. Decidi experimentá-lo, depois de alguns amigos que o usam a toda a hora me dizerem que era ótimo.

Fui até ao site da Microsoft para baixá-lo mas não estava lá disponível.

Fiquei frustrado porque não consegui descobrir como se baixava o mesmo. Por fim tive que perguntar a um amigo e ele disse-me que tinha de o comprar.

Fui até o  carro, fui até à Staples e pedi a um dos vendedores uma cópia do Windows. Ele perguntou-me qual, eu disse-lhe: “Quero a mais completa, por favor” e ele respondeu: “São ?599, por favor…”. Soltei um palavrão e voltei para casa de mãos abanando.

Um dos meus amigos deu-me uma cópia do Windows XP mas disse-me para não dizer nada a ninguém. Achei estranho porque faço sempre cópias do Linux para qualquer pessoa que me peça e digo sempre para passar essa cópia a qualquer outra pessoa que esteja interessada, uma vez que já precisem dela.

De qualquer forma coloquei o CD no leitor e esperei que iniciasse o sistema do “Live CD”. Não funcionou. A única coisa que fazia era perguntar-me se o queria instalar. Telefonei para um dos meus amigos, para saber se estava a fazer alguma asneira, mas ele disse-me: “O XP não roda o sistema diretamente do CD”.

Decidi, então, instalá-lo. Segui as instruções que apareciam na tela mas comecei a ficar nervoso porque não perguntou nada sobre os outros sistemas operacionais. Quando instalei o Linux, ele reconheceu que tinha outros sistemas operacionais na máquina e perguntou-me se queria criar uma nova partição e instalar o Linux lá. Voltei a ligar para o meu amigo e ele
disse-me que o Windows elimina qualquer outro sistema operacional que encontra, ao instalar-se.

Fiz uma cópia de segurança das minhas coisas e joguei-me de cabeça na instalação. A instalação foi bastante simples, tirando a parte em que tive que escrever umas letras e um código. Tive de ligar outra vez para o meu amigo mas ele ficou chateado e veio escrever ele próprio o código. Voltou a dizer-me para não dizer nada a ninguém (!!!).Depois de reiniciar o
computador, dei corrida de olhos pelo sistema.

Fiquei chocado quando me deixou mudar as configurações do sistema sem pedir o acesso de root. O meu amigo começou a ficar um bocado irritado quando liguei outra vez para ele, mas acabou por aparecer em minha casa. Disse-me que o acesso de root era dado logo na inicialização. Tratei logo de fazer outra conta de usuário normal e passei a usá-la.

Comecei a ficar confuso quando tentei fazer mudanças e o sistema, ao invés de pedir acesso de root, disse-me que tinha que fechar a sessão de utilizador normal e abrir uma sessão como administrador. Comecei, então, a perceber porque é que tantas pessoas entram sempre como root e tive um arrepio na espinha.

Bom, mas já era hora de trabalhar. Fui ao menu “Iniciar -> Programas”, para abrir uma planilha que eu precisava terminar, mas não consegui encontrar a aplicação de planilhas. O meu amigo disse-me que o Windows não trazia nenhuma aplicação dessas e que eu teria que a baixar da Internet. “Oh…”, pensei, “uma distribuição básica”. Fui ao “Adicionar/Remover Programas” do painel de controle (tal como no Linux), mas não havia lá programas para adicionar. Apenas deixava remover os programas. Não consegui encontrar o botão para adicionar

aplicações. O meu amigo disse-me que eu tinha que procurar as aplicações por minha conta. Depois de muita pesquisa no Google, lá encontrei, descarreguei e instalei o OpenOffice.org.

Para dizer a verdade, diverti-me à brava com o Windows. Não entendi muito da terminologia… porque é que há um drive A, depois um C… onde é que está o drive B? Achei a distribuição demasiado básica, não inclui nenhuma aplicação que seja verdadeiramente de produtividade e
torna-se muito confuso procurá-la. O meu amigo disse-me que eu precisava de software anti-vírus e anti-spyware, mas o Windows não vinha com nada disso.

Achei-o difícil, confuso e demasiado trabalhoso para mim. Pode ser bom para uma pessoa que seja do tipo técnico, como o meu amigo, mas eu fico-me pelo Linux, obrigado.

Sei que esse texto existe em vários outros blogs ai pela net, mas fazia um tempo que eu não o via, e resolvi posta-lo para lembrar de um dos textos motivadores em minha vida que me ajudou a crescer muito  profissionalmente e pessoalmente no que diz respeito a computadores.

Fonte: http://www.invasao.com.br/2009/05/24/e-se-o-sistema-operacional-mais-usado-fosse-o-linux/

Redimensionando Imagens

Se você é como eu, que gosta de tirar algumas fotos com qualidade, mas sempre precisa transmiti-las pela internet para um amigo, e perde muito tempo redimensionando-as para que o tamanho dos arquivos fiquem menores e você possa tranmiti-los de uma só vez. Existem ferramentas que são incorporadas aos gerenciadores de arquivos que realizam esse redimensionamento com poucos cliques, podendo ser efetuado em diversas fotos ao mesmo tempo.

No meu caso que uso o Ubuntu, existe o pacote nautilus-image-converter, que incorpora a opção de redimensionamento ao Nautilus, onde, clicando com o botão direito sobre uma fotos, ou sobre a seleção de várias você pode redimensiona-las da maneira desejada.

Para instalar o programa rode o seguinte comando no terminal:

$sudo apt-get install nautilus-image-converter

Agora se você não tem a facilidade de usar o Ubuntu ou alguma distribuição do Linux, e usar o Ruindows, possue uma ferramenta, distribuida pela Microsoft, que funciona no Windows XP chamada Power Toys – Image Resizer encontrada no endereço abaixo, que fará a mesma funcão que a ferramenta do Ubuntu. Não sei se existem versão para o Windows Vista ou Windows 7, mas no Windows XP já usei essa ferramenta e a mesma funciona sem problemas.

http://www.microsoft.com/windowsxp/Downloads/powertoys/Xppowertoys.mspx